Bombeiros da Póvoa revoltados com “almofada orçamental” de Mário Centeno

1598

Rui Coelho, presidente dos Bombeiros da Póvoa de Varzim, está “revoltado e indignado” com as declarações do ministro das Finanças, Mário Centeno, na semana passada, anunciando uma “almofada orçamental” de 400 milhões de euros. É que o Estado deve 186 mil euros à corporação, incluindo faturas do último trimestre de 2018.

Leia a notícia completa na versão impressa do MAIS/Semanário desta semana