Câmara compra à igreja o parque de lazer de Balasar e reforça fundo das freguesias

Na reunião de Câmara da Póvoa da passada terça-feira foi aprovada uma alteração às Grandes Opções do Plano para permitir a incorporação do saldo de gerência do ano anterior, que é de cerca de 750 mil euros.

Desse valor, 500 mil euros serão para comprar o parque de lazer de Balasar, que era propriedade da igreja há cerca de dez anos e adquirida na altura pelo mesmo valor. “Iremos dotar a freguesia de propriedade pública, sendo que aquela é uma área onde temos vindo a investir”, explicou Aires Pereira.

O resto da verba será para um fundo que vai permitir às juntas de freguesia continuar a realizar as suas obras por administração direta ou contratação. O fundo já tinha sido dotado com 1 milhão de euros e agora foi reforçado para terem “maior capacidade de intervenção no seu território” assegurou o autarca. Esta revisão ao plano segue agora para Assembleia Municipal, marcada para dia 24 de junho.