Caminho de Santiago analisado em conferência que reuniu 500 pessoas na Póvoa

473

O Grupo dos Amigos do Caminho de Santiago da Póvoa de Varzim promoveu na sexta-feira uma conferência em qua participou o historiador Joel Cleto.

No encontro que juntou cerca de 500 pessoas numa unidade hoteleira poveira, Joel Clteo defendeu uma candidatura transfronteiriça luso-espanhola a fundos da União Europeia para financiar um projeto de valorização do caminho jacobeu que liga Braga a Santiago de Compostela pela Geira Romana”, adiantando que a mesma “vai crescer exponencialmente em número de peregrinos”.

Na perspetiva do historiador e arqueólogo, este itinerário “é uma mais-valia como caminho de Santiago, mas também porque a geira é uma das mais importantes e bem preservadas estradas romanas do mundo”, pelo que a sua valorização “é uma grande oportunidade para a história e para os itinerários jacobeus”. Por outro lado, “é uma questão de muito poucos anos termos esta via muito concorrida pelos peregrinos de Santiago. É incontornável que vai ‘explodir’ como caminho de Santiago”, frisou.

Fotos José Alberto Nogueira