Capitania com mais uma função de “fiscalização construtiva”

1359

O capitão dos portos da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, José Marques Coelho, cuja principal missão é manter a segurança das pessoas, tem este ano uma função acrescida de minimizar o risco de agravamento da pandemia Covid-19 através de uma “supervisão e fiscalização construtiva”. O objetivo “é relembrar as pessoas, se necessário, das principais regras sanitárias a cumprir”.

O comandante revelou que os 4 operacionais da Autoridade Marítima que habitualmente fazem vigilância nas praias, passam agora para 10 nos dois concelhos. “Também haverá reforço do pessoal afeto à Estação Salva-Vidas, que normalmente não desempenha estas tarefas. Em termos de meios terrestres e aquáticos não há alteração, mantendo-se inclusive as duas viaturas todo terreno nas praias não vigiadas”, fez saber. Nas vigiadas, mantêm-se assim a moto de água, as três motos4 e uma viatura de salvamento diferenciado.

Artigo completo na edição desta semana