Coronavírus: governo admite ‘semáforos’ para identificar zonas com maior risco de contágio

Portugal poderá vir a ter um sistema de semáforos para identificar, com as cores vermelha, amarela e verde, o risco de contágio da covid-19 nas diferentes regiões do país.

Em entrevista à SIC Notícias, o secretário de estado da saúde admitiu a hipótese, que está ser estudada para a época de outono-inverno mediante o seu sucesso noutros países europeus.

Lacerda Sales explicou que, a acontecer, vai ser feita mediante três ‘camadas’. A primeira diz respeito a uma avaliação da evolução da transmissão no país; A segunda será a implementação prática dos semáforos; A terceira é a tomada de decisões “certas” mediante as outras.

Por exemplo, na República Checa,  as regiões estão a ser “pintadas” segundo o risco de contágio. Só a capital Praga está vermelha nesta fase.