Eleições de domingo para Junta de Mindelo com seis listas

830

A eleição intercalar para a Assembleia de Freguesia de Mindelo realiza-se no próximo domingo. Ao ato concorrem 6 forças políticas.

Cláudio Matos, ex-presidente da Assembleia de Freguesia de Mindelo, encabeça a lista apoiada por Elisa Ferraz. Candidato pela NAU em 2017, agora representa o movimento independente Mindelo Quer Mais.

Pelo Partido Socialista o candidato é Sérgio Matos, 43 anos e operador de extrusão. Sérgio Matos já foi bombeiro e presidente da Associação de Pais do Centro Escolar de Mindelo.

A CDU quer ver eleito Paulo Ramos, com 40 anos, mindelense e carpinteiro de profissão. A candidatura CDU, formada por uma equipa “competente e empenhada” é uma garantia de “trabalho, honestidade e competência” e apresenta-se com um projeto “realista, dinâmico e com visão de futuro”, prometem.

Por seu lado, o Bloco de Esquerda concorre às eleições intercalares para a Assembleia de Freguesia de Mindelo tendo cabeça de lista Bruno Maia. Tem 40 anos e é técnico de Engenharia Industrial.

O CDS avança com Rui Espírito Santo, que é supervisor de produção e o atual líder da comissão política concelhia vila-condense. “Temos uma equipa madura, composta por mindelenses, que vai trazer mais-valias em termos de ideias e sugestões para o bem da nossa freguesia”, anuncia o candidato. “Mindelo não pode estar parado no tempo e merece mais”.

No PSD a aposta recai em Ana Paula Oliveira, jurista de 55 anos. O nome foi aprovado pelo partido local liderado por Pedro Soares, apontando que a sua candidata será “uma mulher determinada, competente e com disponibilidade para abraçar um projeto abrangente, inovador e agregador de todos os mindelenses”. ‘Unir Mindelo’ é o slogan de campanha.

A 1 de outubro de 2017, a vitória foi do PS por escassos 16 votos em relação à lista da Nau e de 41 votos para a coligação PSD/CDS