Embarcação desgovernada e com excesso de água à entrada do porto da Póvoa

1665

A Polícia Marítima recebeu, na manhã desta sexta-feira, um alerta de que uma embarcação de pesca se encontrava em aproximação ao porto da Póvoa de Varzim, “sem governo e com excesso de água acumulada no porão, provocando um adornamento excessivo com risco de naufrágio ou encalhe”, desreve em comunicado a autoridade marítima nacional.
​Foi mobilizada a Estação Salva-vidas, a Polícia Marítima e os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim.

Durante a operação, a embarcação da Estação Salva-vidas acompanhou a embarcação de pesca na entrada do porto e auxiliou a manobra de atracação, tendo o piquete da Polícia Marítima acompanhado a operação por terra, tomando conta da ocorrência. Os Bombeiros auxiliaram nas operações de esgoto da água, de forma a recuperar a estabilidade da embarcação.

A embarcação encontra-se atracada no porto da Póvoa de Varzim e será sujeita a uma vistoria, a ser efetuada por peritos da Autoridade Marítima Nacional no sentido de avaliar as condições de segurança e navegabilidade.