Falsas urgências baixaram 65% em menos de um ano

1032

O Centro Hospitalar Póvoa de Varzim – Vila do Conde aderiu em maio de 2019 a um projeto de transição digital chamado ‘Hórus’. A ideia é ir reduzindo o papel rumo a uma unidade de saúde cada vez mais informatizada.

Desde lá até janeiro deste ano o impacto tem sido notório em várias vertentes, conforme indica o hospital em comunicado. Uma delas é no reencaminhamento dos doentes não urgentes, através da partilha de agendas eletrónicas entre centros de saúde e Serviço de Urgência.

As ‘falsas urgências’ baixaram em 65% e o número de idas ao Serviço de Urgência baixou 10%. Tudo isto se traduz em mais de 700 utentes encaminhados.

Nota ainda para os 75% de receitas que foram passadas sem papel naquele período.