Homem baixinho e namorada com cancro inspiram alunos da Flávio

770

A Marine já sabia há algum tempo que tinha cancro. Mas, aos 13 anos, só teve a verdadeira noção da doença quando teve de ir à cabeleireira rapar o cabelo. No final, olhando-se ao espelho, o impacto foi brusco. “Tenho uma orelha muito maior que a outra!”, reparou. “A esquerda!”.

Foi neste registo ligeiro e bem humorado que Marine Antunes, hoje com 29 anos, contou aos alunos da básica Dr. Flávio Gonçalves a história de como enfrentou o cancro. A palestra motivacional «Se podes sonhar, Podes concretizar» foi esta sexta-feira, com duas sessões que encheram o Garrett.

O namorado Tiago Castro foi o outro orador. No seu caso, o facto de ser um homem de estatura baixa revelou-se problema sério desde os tempos de escola até ao início da carreira. Disseram-lhe na cara que nunca conseguiria ser ator. “Percebi desde cedo que precisava de ser muito melhor que os outros e de trabalhar mais que eles”, disse a este jornal.

A iniciativa do âmbito do Dia da Escola, organizada pela Associação de Pais da Flávio, procurou inspirar as crianças a enfrentar as adversidades que a vida inevitavelmente lhes vai lançar.

Foto principal CMPV/José Carlos Marques

Reportagem completa na edição papel de 15 de janeiro