Julgamento de alegado predador sexual na Póvoa

850

Começa esta terça-feira o julgamento do homem de 29 anos, acusado de crimes de abuso sexual da filha de 6 anos, crimes esses que terão ocorrido na Póvoa de Varzim, de acordo com o Correio da Manhã.

A mesma fonte conta que a menor terá sido abandonada pela mãe aos 4 anos, ficando à guarda da tia. O suspeito via a filha aos sábados, altura em que terá cometido os crimes de que é acusado pelo Ministério Público. O alerta foi dado pela tia.

O julgamento, que decorrerá à porta fechada, terá lugar no Tribunal de Matosinhos.