Junta da Póvoa: CDS terá novo candidato enquanto PS e CDU ainda não decidiram

Francisco Ribeiro, do CDS, não será recandidato à Junta de Freguesia da Póvoa de Varzim, Beiriz e Argivai. O centrista diz que é tempo de “dar lugar a outras pessoas” que tragam “ideias novas”. Pelo PS, Ilda Cadilhe diz que, para as próximas autárquicas, a sua colaboração na vida política será aquela que o partido decidir. Já Mário Mateus, da CDU, foi novamente convidado para encabeçar a lista mas ainda está em fase de reflexão

“É para encerrar, este mandato já chega”. Foi com estas palavras que Francisco Ribeiro revelou ao MAIS/Semanário que não será o candidato do CDS à Junta da Póvoa. “Temos de dar o lugar a outros, que venham com ideias novas e nunca se esqueçam do mais importante, que é a Póvoa. E também que saibam defender os interesses da Póvoa e mostrem que a assembleia de freguesia é realmente um órgão muito importante”, apelou, no final da última assembleia de freguesia.

Antes da despedida, deixou um lamento. “Eu não era a favor desta União de Freguesias. É certo que Beiriz e Argivai beneficiaram, mas a Póvoa de Varzim praticamente não existe enquanto Junta. Isso entristece-me um pouco. As últimas sessões têm sido sempre em Argivai e as intervenções são mais sobre os assuntos da terra. Perdeu-se muito a parte da cidade com esta União. Politicamente é capaz de fazer jeito mas a voz do povo deixa praticamente de ser ouvida no que diz respeito à cidade, que é quem aguenta este alicerce”.

Pelo Partido Socialista a incerteza mantém-se. Ilda Cadilhe frisou que quaisquer decisões a tomar ou anunciar “são do âmbito do partido” e que a sua colaboração será precisamente aquela “que o PS entender adequada”. Num comentário mais abrangente, transmitiu que se revê “no movimento de João Trocado”, candidato à Câmara..

No sábado a CDU apresentou nomes de alguns candidatos, mas ainda nenhum deles à Junta de Póvoa de Varzim, Beiriz e Argivai. O partido convidou Mário Mateus, que integra atualmente a assembleia de freguesias, e aguarda agora por uma confirmação.

“O meu partido convidou-me para ser cabeça de lista à União de Freguesias. Ainda estou a refletir e darei conta da decisão nos próximos dias”.