Mais de 90 comerciantes regressam ao 4º piso do Mercado da Póvoa após as obras (fotos)

A partir deste sábado reabre o 4º piso do Mercado Municipal da Póvoa de Varzim. Ali estarão instalados nove dezenas de comerciantes, nomeadamente vendedores de produtos hortícolas, prontos para receber todos os clientes. Está assim concluída uma empreitada de vários anos e que se tornou premente após o incêndio de junho de 2010. O investimento global chegou aos quatro milhões de euros.

Nesta manhã de sexta-feira, o executivo camarário convidou os jornalistas para uma visita às instalações. Aires Pereira, presidente da autarquia, lembrou que esta obra “começou com um incêndio” mas que “hoje é tudo muito diferente”.

“Em boa hora decidimos que o Mercado se mantinha neste sítio e que não havia necessidade nenhuma de demolir tudo e fazer outro edifício. Está completamente renovado e resolvemos problemas estruturais que já vinham desde o início, como por exemplo as queixas de que chovia aqui dentro. Isso foi resolvido nesta fase, bem como as novas coberturas que vêm dar melhores condições, nomeadamente na proteção dos produtos”, descreveu, mencionando igualmente as novas câmaras frigoríficas e também a secção das frutas, alvo de acertos em termos de iluminação.

Deu nota ainda da modernização sob o ponto de vista digital: “O mercado e todos os seus comerciantes estão na plataforma ‘Marketplace’. Inicialmente não estavam muito sensibilizados mas depois perceberam que deveriam enveredar por essa área”.

Aires Pereira frisou que os trabalhos no terreno foram sendo conduzidos de forma faseada “para evitar a deslocalização e a perda de interesse por parte das pessoas”, sustentou. “Fomos fazendo esta obra ao longo de vários anos, e, neste aspeto, devo salientar o papel dos comerciantes, que foram sempre compreensivos e mostrando que não estavam interessados em sair daqui”.

A concluir, o edil deixou um apelo: “Agora só precisamos que as pessoas continuem a frequentar o Mercado, que é um espaço fulcral no centro da cidade e que até funciona muitas vezes como um estímulo para as pessoas saírem de casa”.

Em paralelo e no terceiro piso está patente uma exposição de fotografias de José Carlos Marques com o tema ‘O NOSSO MERCADO’.