Mulher aos gritos na Póvoa alega ter sido vítima de agressão

36057

Ao final da tarde desta quinta feira, a Polícia Municipal da Póvoa de Varzim foi solicitada por cidadãos, para intervir e ajudar uma mulher que estava aos gritos com uma criança ao colo, na rua Paulo Barreto, na nacional 13, junto de uma habitação próxima da Câmara Municipal.

Para o local deslocaram-se elementos da polícia municipal e depararam-se com a mulher a chorar, tendo esta afirmado que teria sido agredida por um homem, e que este alegadamente teria uma arma branca em sua posse.

Junto da residência juntaram-se muitos curiosos dado o aparato criado pela situação. No local esteve também a PSP que tomou conta da ocorrência.