Multava condutores e ficava com o dinheiro

9469

O tribunal deu por provado que um militar da GNR, do posto de Vila do Conde, se apropriou de dinheiro das multas que aplicava aos condutores, entre janeiro e março de 2018.

Foi condenado, por peculato, a 1 ano e 6 meses de prisão, mas a pena será suspensa desde que pague ao Estado a verba que recolheu: 504 euros.

O tribunal de Vila do Conde diz que “o arguido recebeu coimas que lhe foram pagas voluntariamente por condutores que autuara por contra-ordenação estradal”, informa o Ministério Público. “Apropriou-se do tal montante, que guardou para si e gastou como entendeu, ao invés de proceder à sua entrega nos serviços como estava obrigado”.