O Varzim entre a elite nacional

681

A temporada 2002/03 culminou com o Varzim Sport Clube no 16º e antepenúltimo posto da Superliga portuguesa, resultado ditou a queda dos “Lobos do Mar” para o segundo escalão nacional. Desde então, já lá vão 16 anos, o Varzim nunca foi capaz de regressar ao “convívio entre os grandes”. Olhemos para o histórico do emblema ds Póvoa no escalão máximo do futebol português. 

As 21 presenças em edições do escalão máximo do futebol português permitem ao Varzim ocupar o 22º lugar da lista de emblemas com mais jogos disputados entre a elite nacional. Na tabela encabeçada pelo “trio” Benfica – Porto – Sporting (cada um com 85 presenças), emblemas que costumam constar na maioria dos palpites de futebol para os jogos de hoje em dia, constam um total de 72 equipas que participaram pelo menos uma vez no primeiro escalão português. 

A estreia do Varzim a competir entre os maiores emblemas do futebol “luso” aconteceu no Campeonato Nacional da I Divisão de 1963/64. A equipa Poveira conseguiu assegurar a manutenção ao terminar no 10º posto da tabela com 20 pontos, oito acima da zona de relegação. A primeira sequência primodivisionária do Varzim terminou em 1970/71, época em que a equipa terminou no último posto do campeonato e foi automaticamente despromovida ao segundo escalão. O regresso à elite só aconteceu no pós-25 de abril: campeão da II Liga na época 1975/76, as riscas negras e brancas do Varzim regressariam aos maiores palcos do futebol nacional na temporada seguinte, alcançando o 7º lugar da tabela. 

Melhor registo 

A melhor prestação de sempre da história do Varzim Sport Clube no principal escalão aconteceu na época 1978/79 com a conquista do 5º lugar. No entanto, sem que nada o fizesse prever em termos desportivos atendendo ao facto de ter acabado de alcançar um dos maiores êxitos desportivos da sua história, a verdade é que o Varzim atravessou um período conturbado até 1981, motivado por uma crise financeira que assolou o clube e teve consequências na preparação e construção da equipa. A época 1980/81 culminou com a queda para o segundo escalão do futebol nacional, dado que o Varzim terminou na antepenúltima posição da tabela e, nesse mesmo ano, ficou estipulado que três emblemas desceriam de forma direta. No entanto, o regresso ao segundo escalão rapidamente foi assegurado, dado que o o clube voltou à elite na época 1982/83.

Na década de 90, os “Lobos do Mar” – como são conhecidos – deambularam entre os dois escalões. O Varzim esteve pela última vez na divisão máxima na época 2002/03, caindo desde então para os escalões secundários, até aos dias que correm. 

Em termos absolutos, o Varzim disputou 618 encontros na primeira divisão do futebol nacional, conquistou 169 vitórias, empatou em 176 ocasiões e perdeu 273 vezes. No que a golos diz respeito, celebrou 638 vezes entre os maiores emblemas do futebol nacional e viu os adversários encontrarem o caminho para as suas redes em 913 ocasiões. 

Atualmente, o Varzim Sport Clube disputa a segunda divisão do futebol português. Os poveiros estão neste escalão desde a época  2014/15, marcada pelo regresso aos campeonatos nacionais.