PCP contra fecho da Caixa em Aver-o-Mar

856

O PCP está indignado com o encerramento do balcão da Caixa Geral de Depósitos (CGD) de Aver-o-Mar. O partido considera inaceitável que os clientes tenham agora que se dirigir ao centro da cidade para acederem à agência.

“A partir do dia 30 de junho, a Póvoa de Varzim ficará apenas com uma, que é a da Praça do Almada”, disse ao MAIS/Semanário Ricardo Galhardo, ligado ao PCP do Porto, garantindo que os comunistas da Póvoa já exigiram respostas ao presidente da Câmara, até agora sem sucesso.

De resto, o PCP enviou um comunicado às redações, denunciando uma decisão que pretende servir “os interesses da banca privada, que assim terá mais espaço livre para se implementar”.

A população de Aver-o-Mar, acrescentam, “terá que se dirigir à Póvoa de Varzim, num percurso manifestamente difícil para uma com escassos transportes públicos e baixos rendimentos, especialmente se falarmos das famílias com mais problemas económicos e sociais e dos idosos da freguesia que serão os primeiramente atingidos por esta decisão, além dos prejuízos causados a outros clientes desta Agência, entre eles empresas localizadas na freguesia”.

A CGD em Aver-o-Mar fica na Rua Gomes de Amorim à face da estrada nacional 13, próximo do restaurante Marinheiro.