Pessoas têm de reduzir mais de metade dos seus contactos para estabilizar contágio Covid

Para quebrar a cadeia de contágio elevada que se verifica nesta altura em todo o território nacional será necessário que a população reduza os seus contactos presenciais em mais de metade. Esta prática, aliada à utlização frequente da máscara, será uma ferramenta fundamental para combater a pandemia.

“Só com redução dos contactos superior a 60% e um elevado uso da máscara é possível reduzir a propagação”, afirmou Baltazar Nunes, do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, na reunião no Infarmed esta quinta-feira.

Disse também que há níveis de disseminação “bastante mais elevados” do que os observados na primeira vaga de março e abril. De resto, Portugal “mantém uma taxa ainda elevada de circulação de pessoas” em comparação com outros países.