Polícia Marítima apreende na Póvoa dez artes de pesca com 1200 metros de comprimento

A Polícia Marítima da Póvoa de Varzim realizou, na tarde de segunda-feira, uma ação de fiscalização no mar dirigida à utilização de artes de pesca, ao longo da costa poveira. Foram apreendidas dez artes de pesca, com um total de cerca de 1200 metros de comprimento.

Nesta ação, realizada entre as 14h e as 16h30, foram detetas estas artes de pesca, denominadas “palangres”, sem estarem sinalizadas nem devidamente identificadas, tendo as mesmas sido recolhidas. Em duas das artes de pesca constatou-se que continham “algum pescado subdimensionado que, por ainda se encontrar vivo, foi devolvido ao seu habitat natural”, diz a polícia em comunicado.

Foram elaborados os respetivos autos de notícia e o comando-local da Polícia Marítima irá agora proceder às respetivas diligências com o objetivo de identificar os proprietários das artes de pesca.