Prémio Casino da Póvoa do Correntes d´Escritas com 70 obras a concurso

0
762

O festival literário Correntes d´Escritas, que reúne escritores de expressão ibérica, está marcado para 26 e 27 de fevereiro.

Nesse primeiro dia será conhecido o vencedor do Prémio Literário Casino da Póvoa, ao qual concorreram 70 obras de poesia, que estão a ser avaliados por um júri composto por Daniel Jonas, Inês Pedrosa, José António Gomes, Luís Caetano e Marta Bernardes, que, entretanto, apresentará a lista de finalistas.

Os prémios Correntes D`Escritas/Papelaria Locus e conto Infantil Ilustrado/Porto Editora, este ano, com o confinamento e encerramento das escolas, ficaram adiados para a edição de 2022, mas será atribuído o Prémio Fundação Dr. Luís Rainha, que avalia uma obra literária inédita, cuja temática seja a Póvoa de Varzim.

Esta edição do certame terá um foco especial na obra e legado de Luís Sepúlveda, escritor chileno que morreu no ano passado, vítima de covid-19, poucos meses depois de ter participado no Correntes.