Treinador do Varzim agradece aos adeptos e reitera “dependemos apenas de nós”

Antes de falar do jogo em que o Varzim derrotou o Vilafranquense por 1-3, António Barbosa, deixou uma palavra “de agradecimento” aos adeptos do clube que foram até Rio Maior apoiar a equipa e também aos que ficaram na Póvoa de Varzim.

Sobre o jogo, o técnico afirmou que “foi uma partida extremamente dividida. Temos uma entrada que se pauta pela nossa capacidade de organizar defensivamente e depois chegar ao golo e mais tarde ao penálti”.

“Para a segunda parte fizemos alguns ajustes, mas não conseguimos bloquear o adversário e fechar os espaços, e passamos mal. Depois alteramos o sistema tático e principalmente a atitude de quem entrou em campo levou-nos ao terceiro golo”.

O técnico aproveitou para elogiar “a atitude dos seus jogadores e que o mérito é deles. Era preciso uma mudança e os nossos jogadores têm um compromisso e um controlo emocional muito forte, o mérito é de quem está lá dentro”.

Sobre se esta vitória será determinante para a manutenção na II Liga, António Barbosa vincou que “percebemos que ainda não acabou e os adversários estão próximos e dependemos apenas de nós. Demos um passo, mas não acabamos a caminhada”.  

António Barbosa garante acompanhar jornalista e amigos numa ida a pé desde o estádio até ao Monte de S. Félix

Antes de fechar a conferência de imprensa e respondendo a um desafio do jornalista poveiro André Veloso, o qual fez uma promessa de uma ida a pé entre o estádio do Varzim até Laúndos, ao Monte de S. Félix, após o Varzim garantir a manutenção na segunda liga, António Barbosa foi perentório: “Não é desafio, vamos juntos”.