Usavam o “engano no troco” para burlar em estabelecimentos comerciais

25

A GNR deteve na quarta-feira, em flagrante, dois homens de 34 e 69 anos pela prática do crime de burla, na freguesia de Vilar do Pinheiro, Vila do Conde.

A guarda explica em comunicado que, no âmbito de uma investigação por burla que decorria há cinco meses, foi possível intercetar os suspeitos em flagrante delito, enquanto praticavam “o método de engano no troco” num estabelecimento comercial, atividade recorrente por parte dos suspeitos que realizavam este tipo de burlas em cafés, restaurantes, farmácias, lojas de animais e supermercados. Na sequência da ação policial, os suspeitos foram detidos e o dinheiro utilizado para a burla apreendido.

Os detidos possuem antecedentes criminais por tráfico de droga, injúrias, agressão, roubo, furtos em supermercados, burla e burla qualificada a idosos, e praticam este tipo de crimes desde 2006 nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Lisboa e Faro.

Os detidos foram constituídos arguidos e presentes ao Tribunal Judicial de Matosinhos, para aplicação de medidas de coação.