Verão com proibição de trânsito automóvel na marginal da Póvoa

6291

O presidente da Câmara da Póvoa de Varzim garantiu, na sexta-feira, que o seu município está “preparado” para cumprir as determinações do Governo para a utilização das praias, considerando “sensatas” as medidas anunciadas.

“São normas que permitem que todos possam usufruir das praias com bom senso e ajudando o setor turístico a não sair tão fragilizado deste processo. Estamos preparados para as aplicar no concelho”, disse o social-democrata Aires Pereira, presidente da Câmara poveira.

Sendo a Póvoa de Varzim, uma das terras que acolhe habitualmente milhares de turistas durante a época balnear, Aires Pereira considerou que, na generalidade, as diretrizes de utilização dos areais são aplicáveis, embora mostrando algumas preocupações.

“Nas áreas livres, vai ser complicado controlar que as pessoas respeitem o afastamento, e tudo dependerá do bom comportamento dos utilizadores. Passará pela responsabilização pessoal sob pena de serem tomadas medidas drásticas como encerramento das praias”, alertou o autarca poveiro.

Reforço policial e mais higienização

Presidente da Câmara garantiu um reforço da presença da Polícia Municipal junto aos areais, mas também no controlo do acesso de visitantes à cidade.

“Os fins de semana serão sempre os mais complicados de controlar, mas quando percebermos que a cidade e os parques estão cheios talvez tenhamos de recusar, nos acessos, a entrada de mais pessoas. É algo para ir avaliando”, afirmou.

Certa será a proibição de trânsito automóvel na marginal da cidade e também um reforço das medidas de higienização nos locais mais frequentados junto aos areais.

“Nos acessos às praias vamos colocar dispensadores de gel desinfetante e reforçar os processos de higienização da via publica e das estruturas de apoio na marginal, durante o dia e noite. A via junto ao mar, na cidade, será vedada aos carros, para que as pessoas possam caminhar nos passeios e na estrada com mais distanciamento”, explicou.

Nos próximos dias, a autarquia poveira irá trabalhar com os concessionários e capitania local nos planos de distribuição das concessões, para que possam cumprir as normas de distanciamento, e conta, também, retomar algumas atividades de animação de verão na cidade, que não belisquem as normas de segurança da Direção Geral de Saúde.