Vila do Conde com serviço de apoio à pessoa surda

0
1095

A Câmara Municipal de Vila do Conde tem disponível um serviço de atendimento à pessoa surda. É o serviço de vídeo-interpretação em Língua Gestual Portuguesa.

Informa a edilidade que o desafio foi lançado pela Área Metropolitana do Porto (AMP) com o seu projeto “Acessibilidade em Língua Gestual Portuguesa na AMP”.

A pessoa surda pode aceder diretamente aos serviços do município tendo para tal disponível a intermediação de vídeo-chamada com interpretação em LGP, sem depender de terceiros para comunicar.

Está disponível de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h; pode ser realizado através de atendimento telefónico, no qual a pessoa surda efetua diretamente uma vídeo-chamada para o número12472 (custo de 1 cêntimo por minuto) ou via portal do cidadão surdo (gratuito); ou em atendimento presencial nos balcões de atendimento, onde está disponível, um telemóvel que permite fazer a vídeo chamada, assumindo o/a colaborador/a da autarquia vilacondense a função de mediador entre a pessoa surda e a Serviin.

O objetivo é “promover a igualdade de todas as pessoas no acesso á informação, particularmente no acesso aos serviços públicos municipais com a disponibilização de um serviço de vídeo-interpretação em Língua Gestual Portuguesa (LGP) que é assegurado pela empresa Serviin”, diz o gabinete de comunicação da Câmara. “Pretende-se, desta forma, facilitar a acessibilidade à informação e contribuir para uma sociedade mais inclusiva, permitindo que as pessoas surdas possam contactar de uma forma mais direta e autónoma a atarquia e a sua chamada seja encaminhada para o serviço pretendido”.