Multidão volta a saudar Senhora da Saúde na Póvoa após dois anos de ausência (fotos)

0
824

Volvidos dois anos devido à pandemia, na noite de 13 de maio, a Nossa Senhora da Saúde desceu novamente de Laúndos até ao centro da cidade da Póvoa de Varzim, onde milhares de fiéis aguardaram pela chegada da imagem nas imediações da Capela de S. Tiago.

Acompanhada pelo Arcebispo Primaz de Braga, D. José Cordeiro, e o prior da Matriz, Avelino Castro, o andor transportado por bombeiros da corporação da Póvoa de Varzim percorreu as ruas entre o quartel dos Bombeiros e a igreja Matriz, num momento de silêncio e oração.

A Nossa Senhora ficará no templo religioso, onde entre os dias 20 e 28 irá decorrer, de segunda a sexta-feira, a novena em dois horários distintos, 18h30 e 21h30. Depois, no domingo de 29 de maio, será o regresso a Laúndos, naquela que é a maior peregrinação do Arciprestado da Póvoa de Varzim e Vila do Conde.

Para a 74ª Peregrinação Arciprestal ao Santuário da Senhora da Saúde, em Laúndos, no último domingo deste mês, às 7h30 será celebrada a eucaristia. No final da celebração, pelas 9h, será o início da peregrinação em direção a Laúndos, com missa no local do santuário programada para as 11h, que será presidida pelo Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Braga, D. Nuno Almeida.

Às 15h30, será rezada a oração da tarde, com uma novidade relativamente a anos anteriores: o terço será recitado pelas irmãs da Congregação Religiosa da Aliança de Santa Maria. Depois da adoração e bênção do Santíssimo Sacramento, realiza-se a cerimónia do adeus a Nossa Senhora da Saúde.

A peregrinação é organizada pela Confraria de Nossa Senhora da Saúde, pela Paróquia de São Miguel de Laúndos, Paróquia de Nossa Senhora da Conceição (Matriz) e pelo Arciprestado de Vila do Conde/Póvoa de Varzim. Nasceu de uma sugestão apresentada por Maria da Paz Varzim ao Monsenhor Pres Quesado. Os preparativos começaram em 1944, e a primeira peregrinação saiu dois anos depois.