“Sabemos que é um trabalho moroso” afirma treinador do Varzim

“Obviamente não que o resultado não é aquele que queremos”, disse António Barbosa, treinador do Varzim, numa reação à derrota frente ao Casa Pia. O técnico, que assumiu o comando da equipa alvinegra à 16ª jornada da II liga, explicou que “conseguimos num primeiro momento bloquear a equipa adversária e forçar a jogar nos corredores laterais”.

“Num momento em que perdemos uma segunda bola, sofremos o golo” explicou o treinador que acrescentou: “Conseguimos controlar e dominar e criar situações de finalização, mas não fizemos golo”.

Sobre o atual estado da equipa, António Barbosa sublinhou que “temos que continuar a fazer o nosso trabalho, sabemos que é um trabalho moroso, mas sentimos que os indicadores foram bons”.

Ainda sobre o desafio frente ao Casa Pia, disse que “fomos atrás do resultado. Tentamos condicionar um corredor e forçar o erro nesse espaço. Não fomos tão pressionantes como queríamos, mas as coisas aconteceram como aconteceram. No fim do jogo sabemos que as coisas são mais fáceis de pensar e de fazer futurologia”.

“Trabalhar a nossa ligação de jogo”

Quanto à estratégia, o responsável técnico disse que “falhou-nos a pressão num ou noutro momento e temos que trabalhar a nossa organização defensiva, a nossa pressão, a nossa transição e a ligação de jogo”.

Questionado sobre o futuro da equipa, o treinador sublinhou que “estamos a trabalhar juntamente com a direção, mas principalmente e o nosso foco é dentro daquilo que temos e de jogadores disponíveis, continuar a consolidar formas de jogar para depois termos mais sucesso. Dar uma ideia daquilo que podemos fazer, que é o nosso trabalho”, concluiu o treinador.

Notícias Relacionadas